Cirurgia da Coluna

Centro de Cirurgia da Coluna
Centro Clínico Mãe de Deus - Rua Costa, 30 - Sala 603
Fone/Fax: (51) 3230.2728/3231.7407 - Porto Alegre/RS
HÉRNIA DE DISCO LOMBAR
HÉRNIA DE DISCO CERVICAL
DEGENERAÇÃO DA COLUNA
ESTENOSE DO CANAL
DISCOPATIA DEGENERATIVA
INFECÇÕES
ESPONDILOLISTESE
CIFOSE
ESCOLIOSE
OSTEOPOROSE
TRAUMATISMOS
TUMORES

Discopatia Degenerativa Dolorosa e Artrose Facetária

O desgaste (degeneração) do disco se caracteriza pela desidratação e endurecimento do núcleo, levando a uma perda da capacidade de amortecimento e, com o tempo, a um achatamento (perda de altura) do disco. O envelhecimanto das articulações facetárias é igual ao envelhecimento das outras articulações do corpo, caracterizado por desgaste das cartilagens e enfraquecimento dos ligamentos.

Na discopatia degenerativa dolorosa, esse processo vem acompanhado de lesões com inflamação, que fazem o disco ser invadido por terminações nervosas dolorosas. Geralmente o disco doloroso é desproporcionalmente mais degenerado que os outros e provoca alterações inflamatórias no osso das vértebras vizinhas.

O envelhecimanto das articulações facetárias é igual ao envelhacimento das outras articulações do corpo, caracterizado por desgaste das cartilagens e enfraquecimento dos ligamentos. Na artrose facetária dolorosa, o desgaste vem acompanhado de um processo inflamatório doloroso.

Geralmente a discopatia e a artrose ocorrem juntos, mas alguns indivíduos podem ter a discopatia mais evidente e avançada que a artrose, ou vice versa. Geralmente o único sintoma é a dor lombar crônica, que pode chegar a ser bastante intensa e comprometer a qualidade de vida.